Escritores:

Bram Stoker

O nome de Bram Stoker é mundialmente famoso por ter sido ele o criador de Drácula, a mais célebre história de vampiros de todos os tempos. Stoker nasceu em Dublin, capital da Irlanda, em 8 de novembro de 1847. Foi uma criança doente, que passou os seus sete primeiros anos na cama. Mas que, após recuperado, nunca mais parou quieto. Em 1870, Bram Stoker formou-se em matemática com louvor, em 1878 casou-se com Florence Balcombe e, em 1879, nasceu Noel, seu único filho. E foi para Noel que, em 1881, Bram Stoker escreveu uma coletânea de oito contos infantis que foram reunidos na obra Under the Sunset, onde originalmente foi publicado o conto Quando o 7 ficou louco.

H.G. Wells

H.G. Wells (1866-1946)  é um escritor britânico que tinha a imaginação do tamanho de um elefante. Autor de clássicos da ficção científica como A Guerra dos Mundos, O Homem Invisível e A Máquina do Tempo, ele escreveu e ilustrou um único livro infantil durante sua vida: "As aventuras de Tommy", publicado no Brasil pela Editora Piu.

Paula Taitelbaum

Paula Taitelbaum é um bicho chamado escritor, que se alimenta de palavras. Mas que de vez em quando se transforma em uma outra espécie, conhecida como ilustradora, do tipo que cria as imagens que acompanham as histórias. As ilustrações de Bichológico foram feitas com colagens recortadas e coladas manualmente pela própria autora e que depois foram fotografadas e tratadas digitalmente. Além de já ter escrito livros de poemas para adultos, Paula também é autora de outra obra infantil chamada Palavra vai, palavra vem (L&PM Editores, 2013). Quando não está escrevendo, recortando ou colando, Paula pode estar ministrando alguma oficina de criatividade, trabalhando como redatora publicitária, atuando em uma peça de teatro, escrevendo matérias para alguma revista ou quem sabe passeando com sua filha Clara na cidade em que mora desde que nasceu em 1969: Porto Alegre.

Tristan Derème (1889-1941). Poeta francês que foi um dos fundadores da "Escola Fantasista" cujo estilo poético era inspirado na imaginação e no bom-humor, mas com toques de melancolia e ansiedade. Ao longo da vida, Derème foi colaborador de vários jornais e revistas literárias e chegou a ter uma coluna no Le Figaro. Em 1923, foi eleito membro da "Plêiade", selo responsável pelas publicações mais prestigiadas da editora Gallimard. Além de poemas, escreveu contos e romances, bem como as histórias do menino Patachu que o consagraram como um célebre autor infantil nos anos 1930.

Tristan Derème

Ilustradores:

André-Hellé

André-Hellé (1896-1945). Ilustrador, escritor e designer, Hellé já foi citado em vários artigos como um dos principais nomes da literatura infantil francesa. Lançou mais de 50 livros ao longo de sua carreira e ilustrou dois volumes com os contos de Patachu, um deles em 1930 e outro em 1932.

Julie Rambaud tem os dedos habilidosos que servem para criar lindas ilustrações. Ela nasceu na Bélgica, onde mora, e formou-se em design gráfico na École de Recherche Graphique, em Bruxelas. Durante um tempo, morou no Brasil, quando passou a desenhar estampas para a marca de roupa infantil A Fábula. 

Julie Rambaud

Mário Alencar

Ilustrador, designer gráfico e artista visual alagoano. Mário já participou de salões de Arte Contemporânea de Alagoas e também é músico.