O futuro chegou. A água abandonou a Terra e o planeta é uma imensa planície seca e deserta. Não há rios, nem lagos, nem mares. Há apenas alguns oásis onde os Últimos Homens levam uma vida apática e resignada. Os animais estão todos extintos — a não ser grandes pássaros que evoluíram a ponto de se comunicarem telepaticamente com os humanos que restam. Os constantes terremotos que acontecem nesta Terra árida vão destruindo, lentamente, a pouca água dos poços. Ao mesmo tempo, os Últimos Homens vêem a aparição lenta, mas persistente, de uma nova forma de vida: os Ferromagnetos, que parecem estar crescendo e se tornando mais rápidos. Enquanto as pessoas perdem cada vez mais a esperança, o jovem Targ é o único que mantém a fé de que seus semelhantes poderão voltar a viver em um lugar agradável e fértil.
Terá ele razão? Ou será o fim dos humanos sobre a Terra?

 

Escrito por J.H. Rosny Ainé

Ilustrado por Rodrigo Rosa

Traduzido por Julia da Rosa Simões

Prefácio de Mia Couto

Posfácio de Eduardo Bueno

A morte da Terra

R$39.00Preço
  • Capa brochura

    16cm X 23cm

    ISBN 978-85-93660-14-6

    128 páginas

    Lançamento: julho 2019