Conheça as obras da Editora Piu aprovadas no PNLD:

0428L21603_LE_capa-tarja.jpg

A MORTE DA TERRA

Texto de J.H. Rosny Aîné

Ilustrações de Rodrigo Rosa

Tradução de Julia da Rosa Simões

Prefácio de Mia Couto 

Posfácio de Eduardo Bueno

CÓDIGO DA COLEÇÃO: 0428L21603

 

CATEGORIA: Ensino Médio (PNLD 2021)

 

GÊNERO LITERÁRIO: Romance


TEMAS: Diálogos com a sociologia e a antropologia | Ficção, mistério e fantasia | Projetos de vida | Protagonismo juvenil

FORMATO: 13,5 x 20,5 cm | 144 páginas

Escrito por J. H. Rosny Aîné (1856-1940) e lançado originalmente em 1910, A Morte da Terra é um livro que, mesmo tendo mais de cem anos, é extremamente atual. É um romance de ficção científica que nos contempla com um cenário imaginário no qual os seres humanos estão à beira da extinção. É uma narrativa que se passa num futuro distante em que praticamente toda a água do planeta secou. Só o que existem são alguns oásis verdes onde os Últimos Humanos levam uma vida de apatia e resignação. No entanto, o personagem principal, o jovem Targ, não se deixa envolver por este sentimento. Ele e sua irmã Arva são os únicos que ainda têm energia, coragem e esperança de encontrar água. Targ sonha com um lugar como aquele que um dia a Terra foi (ou seja, a NOSSA Terra atual).

Os ferromagnetos e a escassez de água não são as únicas ameaças presentes na história. Constantes terremotos colocam em risco a pouca água que ainda existe na camada subterrânea e ameaçam a vida dos Últimos Humanos.

A Morte da Terra é uma obra que possibilita muitas leituras e debates e que se adequa perfeitamente às premissas da BNCC, que sugere que a escola que acolhe as juventudes precisa, entre outras coisas, se estruturar de maneira a "proporcionar uma cultura favorável ao desenvolvimento de atitudes, capacidades e valores que promovam o empreendedorismo (criatividade, inovação, organização, planejamento, responsabilidade, liderança, colaboração, visão de futuro, assunção de riscos, resiliência e curiosidade científica, entre outros), entendido como competência essencial ao desenvolvimento pessoal, à cidadania ativa, à inclusão social e à empregabilidade" (p. 466). 

Selo Altamente Recomendável FNLIJ 2020.